PULP FRICTION – sábado 10/03- NOVE VIDAS

5 mar

ImageOcidente PULP FRICTION – NOVE VIDAS

  Pra comemorar essas nove vidas, muitos brindes, amigos e Djs: além do felino TRIO FRICTURA e do residente Bruno “Cauby” Suman, a PULP de aniversário recebe todo o groove do mestre PIÁ e seus vinis furiosos. É no sábado, 10/03, a partir das 22h, no Ocidente. Ingressos no local a R$30 ou antecipados a R$25…

Não é pouca coisa manter-se por 9 anos no disputado cenário de festas da cidade. 

Foi em alguma festa no Ocidente, entre um hit e outro, no comecinho de 2003, que surgiu a idéia de criar uma festa pela simples vontade de se divertir e dançar, sempre ouvindo boa música. Pois foi exatamente isso o que moveu os parceiros Rafael Ferretti, Leo Felipe e Drégus de Oliveira, o sempre adjetivado TRIO FRICTURA, a dar início à inigualável PULP FRICTION.

Se no começo a idéia era resgatar o som eclético do antigo Garagem Hermética, que ia de Nirvana a Caetano fase Londres, passando por um Beastie Boys aqui, um Chemical Brothers ali, já na segunda edição, entitulada de “Chega de Saudade” a PULP começou a buscar novas fronteiras. Chamavam de festa Rock, mas de tanto botar eletronico no meio, sem querer foi pioneira no “electro-rock”. Foi na pista da PULP que Porto Alegre dançou pela primeira vez os grooves ruidosos do disco punk (o Rafa, por exemplo, garante que foi o primeiro a tocar “House of Jealous Lovers” por aqui, alguém duvida?). Também por ali se ouviu, como em poucas festas na provincia branquela, as polêmicas batidas do pancadão carioca, que alguns classificam como a genuína música eletrônica brasileira (cortesia do Drégus, que a propósito também assina a arte dos belos cartazes e vídeos promocionais da festa).

Afro-Cumbia? Techno-Folk? Electro-Polka? Aponte pra onde quiser, o que importa é que a PULP sempre teve na mistura, sua marca registrada: ao longo desses 9 anos, os hits de pista vieram de artistas tão variados quanto M.I.A., White Stripes, Frank Sinatra, Peaches, Leslie Gore, Dizzee Rascal, Basement Jaxx, Gretchen e Boney M.

O mix divertido e inusitado também possibilitou uma ótima interação com outras cenas musicais: de festas a shows, muita coisa (boa) cabe na PULP, que Já recebeu como convidados algumas grandes figuras e residentes de agitos confirmadíssimos como Balonê, Lo Peor del Dia, Neon, Voodoo, Lust for Life, Boss Sounds, Balonê e Dirty Job e bandas como Império da Lã, Danm Laser Vampires e Astronauta Pinguim. Sempre no QG da festa: o trintão Bar Ocidente (verdadeiro bunker da resistência festiva porto-alegrense). Além da Nave-Mãe, em algumas de suas vidas, a PULP já levou seu mix de pop, punk, funk, rock, soul, hip hop, jazz, eletrônica (e os indefectíveis etnobeats) para várias casas noturnas, incluindo o saudoso Beco do viaduto, cenário de festas louquíssimas.

Mas se você pensa que o motivo para comemorar 9 anos de festas vem apenas de saudades de baladas passadas, engana-se. Prova disso é a participação recente da festa (representada pelo polivalente Leo) nos descolados Green Sunset Party e M/E/C/A Festival.

E, claro, a cada todo segundo sábado do mês no Ocidente, divertida e relevante como na primeira noite. 

Pulp Friction # 109 – Aniversário de 9 anos Sábado, 10/03, 22:30h Djs: Trio Frictura (Leo Felipe, Drégus e Rafahell) + Bruno Suman + PIÁ (Ipanema FM) Bar Ocidente (João Teles esquina Osvaldo Aranha) $25,00 antecipados no almoço do Ocidente // R$30,00 na hora

Nos siga, nos ouça, nos curta:

www.facebook.com/pulpfric

www.soundcloud.com/pulp-friction

 www.pulpfric.wordpress.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: